APENAS UMA MULHER

... rotina...

E um dia, sem ter nem porque,

Aquela mulher sossegada,

Na vida acomodada,

Se imagina apaixonada...

E sonha

E devaneia

E se inventa...

Beija sem ser beijada,

Sente sem ser tocada,

E nos sonhos que fantasia

finalmente feliz!!!

Parece um conto de fadas...

E nos sonhos que sonha acordada,

Acredita que seja amada!!!

Em busca do tempo perdido,

Entende do jeito que quer

Aquelas palavras que ouve,

Que afagam gostoso a alma

Rejuvenescem o rosto

Despertam os seus sentidos

E passa a sonhar e a sentir

Desejos...

Como toda mulher!!!

           Rosalva Rela